quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

O que está acontecendo? É muita desgraça para um só Brasil!

NOTÍCIAS RUINS O TEMPO INTEIRO                                                                                                 



Os noticiários de jornais, rádio, televisões, anunciam todos os instantes fatos ligados à violência urbana, à seca no nordeste, à possibilidade de apagões, aumentos de preços em setores distintos; aumento de impostos, combustíveis, nas tarifas de energia elétrica, dificuldades no trânsito, aumento do tráfico de drogas e dos homicídios, enfim, tudo o que é de ruim está aumentando. Por que será? Há quanto tempo assistimos esses noticiosos, ávidos por uma notícia boa...
Mas o brasileiro parece que já está acostumado com essas desgraças.

NÃO FALARAM NADA DISSO NA CAMPANHA!

Na campanha política passada não ouvimos nada disso da nossa atual Presidente da República. Pelo contrário, segundo ela tudo estava às mil maravilhas, tudo sob controle. E agora? Quadrilhas atuaram até mesmo na empresa nacional que temos o maior orgulho. E dela furtaram bilhões, ninguém ainda sabe sequer avaliar certamente os prejuízos causados pelas ratazanas. O Ministério Público e a Polícia Federal lutam bravamente para prender os meliantes envolvidos nos famosos “esquemas”.
Mas o brasileiro parece que já está acostumado com essas desgraças.

A SUJEIRA É GRANDE E SE ALASTRA POR MUITAS ÁREAS

Mas a sujeira não para por aí. Na área da Saúde outros escândalos: recebimento de propinas por médicos para receitar exames não necessários, fazer cirurgias sem necessidade, além do sumiço de equipamentos, próteses, dos hospitais para alimentar outra modalidade de furto. Causa-nos estarrecimento com tanta desfaçatez. É muita audácia o enriquecimento de uns poucos em detrimento da saúde e da vida de muitas pessoas, de muitos brasileiros.
Mas o brasileiro parece que já está acostumado com essas desgraças.

A POLÍCIA FEDERAL FAZ MILAGRES

Haja Polícia Federal para dar conta de tudo, ainda mais com precariedade de pessoal, treinamentos e de materiais, equipamentos, viaturas, armas, que não são providos na quantidade para desempenhar o seu trabalho. Podemos dizer que os policiais fazem milagres com o que têm para trabalhar. Dia a dia realizam difíceis operações com o objetivo de prender criminosos, executar mandados de busca e de apreensão e lutar bravamente para nos defender dos diversos tipos de males. 

O CEARÁ FRUSTRADO – NEGARAM A REFINARIA

Tanta expectativa e propaganda quanto à instalação de uma refinaria de petróleo no Ceará. Tudo em vão! Simplesmente o governo federal cancelou o projeto e pronto. Onde estão as lideranças políticas do Ceará para questionar contra o fato? O governo prometeu, fez propaganda, iludiu e agora tomou tudo, como se tomasse um doce de uma criança! A coisa funciona assim: Estados mais fortes precisam de dinheiro e conseguem. Como? Tiram dos mais fracos, daqueles que, por exemplo, elegeram o governo atual.
Mas o brasileiro parece que já está acostumado com essas desgraças.

A SEGURANÇA PÚBLICA

Mas a segurança pública nos estados, particularmente no Ceará, está lamentável. Fortaleza bate o triste recorde de ter, proporcionalmente, o índice de homicídios mais alto do que o Estado de São Paulo. A Polícia Civil precisa de mais pessoal para investigar e para suas outras tantas atividades. Precisa desenvolver ações pesadas contra a marginalidade, as quais seriam infinitamente mais eficazes com ações de Inteligência antecipadamente. Faltam diretrizes para uma Política de Segurança a ser disseminada em todo o país e cumprida à risca. Os políticos, nossos representantes, estão em Brasília, mas nada fazem a respeito.

O INTERIOR DO ESTADO DESGUARNECIDO

No interior do Estado do Ceará os bandidos encontraram um verdadeiro “paraíso” porque se encontra fracamente protegido pela polícia. . As estatísticas são impressionantes.
Os bancos são assaltados, explodidos, todas as semanas. Além das dificuldades ocasionadas pela economia em declínio por causa da seca há também aquelas sofridas pelo comércio e populações interioranas, que se deparam frequentemente com agências bancárias detonadas. É incrível.

Em Fortaleza os índices de violência são brutais e assustadores. E em Messejana a situação é de igual forma lamentável. Se você precisar de ajuda policial dificilmente conseguirá ser atendido em tempo hábil. Os agentes policiais chegarão muito tempo depois para trabalhar nos locais de crimes já efetuados. Onde estão as ações preventivas?
Mas o brasileiro parece que já está acostumado com essas desgraças.

MAS AGORA UMA “SOLUÇÃO” – O CARNAVAL!

Ah! Chegou o Carnaval! Os foliões, muita bebida, fantasias e ilusões por toda parte. Iludem-se aqueles que extravasam tudo neste período, envoltos em fantasias (físicas e mentais) pensando que aquela folia vai “consertar” a seca no Ceará, a criminalidade vai diminuir, os aumentos vão cessar e tudo vai ficar “numa boa”.

Ledo engano! Ao fim do Carnaval a economia estará pior e todos os problemas anteriormente mencionados voltarão a nos atormentar. Veremos depois das escolas de samba a volta das estatísticas de balas perdidas, de arrombamentos, de vandalismo, a bola de neve dos escândalos certamente aumentada, mais aumentos de toda sorte.  
Mas o brasileiro parece que já está acostumado com essas desgraças.


(*) João Ribeiro é atualmente diretor, analista de conteúdo e editorialista do Portal Messejana. Escreve também para seu blog – o Blog do João Ribeiro, no qual aborda assuntos de interesse geral da comunidade e de outros campos de expressão do poder nacional; também é Analista de Informações do Ministério do Trabalho, aposentado, cargo hoje denominado Oficial de Inteligência na atual Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) da Presidência da República. 
Veja também nas redes sociais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário